O que é preciso para ter um bom site?

1 – Escolha um domínio.

Esta escolha deve ser feita entrando no link http://registro.br e testando lá as possibilidades – e não apenas verificando diretamente no Google, Yahoo ou Bing.

Explicamos isso pois você pode procurar um domínio (ou site) nos buscadores e não encontrar. Mas isso não garante que o domínio ainda esteja disponível para a compra. Ele pode estar aguardando um processo de liberação, não estar publicado pois a empresa não finalizou o site, ou ainda não ter sido devidamente indexado nas ferramentas de busca.

2 – Contrate uma boa empresa de hospedagem.

Qualquer pessoa pode comprar um domínio, basta ter um CNPJ ou CPF. Todavia, para realizar o registro é preciso ter um DNS – fornecido por empresas de hospedagem. (Leia mais sobre como contratar uma empresa de hospedagem.)

3 – Crie um projeto com a estrutura para o seu site.

Desenhe um organograma para o seu site. Pense no que você quer que apareça na Home, quais serão os links principais, os sublinks e como eles podem ser interligados.

4 – Contrate uma agência de design e comunicação para desenvolver o layout e programação do seu site.

Por mais que o layout não seja um fator de pontuação dentro do Google, é por meio dele que as pessoas vão decidir se querem permanecer ou não no seu site.

Um bom design pode transformar a imagem da sua empresa. Transmitir credibilidade, confiança e atribuir mais valor agregado.

A programação é um dos aspectos mais importantes do processo. Um site bem programado e preparado para aparecer nos buscadores tende a ser muito melhor sucedido na internet. O problema é que, diferentemente do aspecto visual, caso você não entenda nada de programação, você precisa confiar em quem está desenvolvendo o seu site. Por isso, contrate um bom profissional.

5 – Desenvolva conteúdos de qualidade.

A razão principal pela qual um pessoa visita um site é o conteúdo. A razão pela qual esta pessoa permanece no seu site também é o conteúdo. Por isso, crie conteúdos de qualidade, originais, relevantes, e sem erros gramaticais. Procure fornecer informações que os seus clientes estejam buscando, de uma forma simplificada, que qualquer pessoa possa entender.

Não copie e cole de outros sites. Não compre de sites que vendem textos prontos para preencher o seu. Os buscadores tendem a ignorar conteúdos que existam em massa na internet. (Leia sobre a importância de ter um Blog Corporativo)

6 – Teste em todos os navegadores.

Teste, teste e teste. Veja como o seu site é visualizado no Internet Explorer, Firefox, Chrome, Safari, Opera e até mesmo em celulares. Realize os ajustes necessários caso o seu site não abra perfeitamente em todos eles.

7 – Publique o site.

Seu site está pronto? Coloque-o no ar e faça testes. Ajuste a configuração das páginas para que elas tenham mais visibilidade na internet. (A ajuda de um profissional de SEO neste caso é fundamental.)

8 – Desenvolva um planejamento de manutenção.

Um site sem manutenção gradativamente perde colocação na internet. Assim, desenvolva um planejamento e priorize as manutenções periódicas. Crie, no mínimo, um conteúdo novo por mês.

9 – Acompanhe os acessos através de ferramentas de análise.

Se você não acompanhar os acessos do seu site, não terá como saber se ele está sendo eficiente – ou não. Assim, instale ferramentas de análise como o Google Analytics e o Webmaster Tools. Faça uma análise criteriosa mensalmente.

10 – Anuncie.

Troque banners, links, conteúdos, posts. Crie um plano de mídia para o seu site. Invista em links patrocinados. Todas estas estratégias vão canalizar mais visitas para o seu site. Com mais acessos, você terá mais oportunidades de negócios.

11 – Considere ter um Certificado SSL

Aqui uma dica de importantíssimo valor agregado: O Google já vem penalizando sites que não utilizam o certificado SSL (aquele cadeado de segurança no endereço/URL do seu site), tornando cada vez mais difícil os resultados nas buscas e, principalmente, negativando as campanhas e anúncios.
Portanto, verifique em sua hospedagem se eles comercializam essa ferramenta.

Fonte: Conceito Ideal

Quer criar um site na internetSolicite um orçamento.

Servidor Dedicado ou Compartilhado?

Desenvolvi o meu site ou aplicação e agora preciso decidir: hospedar em um servidor dedicado ou compartilhado?

Bem, pra nós da área de tecnologia essa é uma pergunta muito fácil de se responder. Mas, para o cliente final, pode não ser tão simples assim.

A decisão pra nós é simples porque levando em consideração todo o ganho operacional que se tem em um servidor dedicado, a relação custo x benefício é fator determinante.
Já o cliente final muitas vezes não enxerga esse ganho. Eu explico. De um modo geral, quando se hospeda em um servidor compartilhado, você está alocando o seu site ou aplicação em uma máquina com “N” outras aplicações de “N” outras empresas. Isso significa, a médio-longo prazo, menor performance pra todo mundo, não só para a sua aplicação. Isso porque todos compartilham dos mesmos recursos, utilizando ou não para os mesmos fins. Claro que hoje em dia com as tecnologias escalonáveis, discos SSD e servidores VPS, contornar essa situação é simples, através de um espelhamento em modo contingência, ou seja, outro(s) servidor(es) estarão prontos para assumir o trabalho em regime emergencial. Mas isso tem um preço. É aí que entra em campo o estudo da relação custo x benefício.
Só quem já hospedou uma única aplicação com um número grande de requisições (usuários em uso) no servidor ao mesmo tempo, sabe a dor de cabeça que é ter que correr contra o tempo para garantir a integridade das informações, bem como a segurança do usuário final.
E por falar em integridade das informações, acrescente este item nas “preferências” na hora de decidir em que tipo de servidor hospedar. Não é incomum analistas ouvirem de seus fornecedores que a aplicação caiu porque “outras aplicações caíram”. Deu pra perceber? Cai um, cai todo mundo! Não é uma regra, sem dúvidas, mas é quase garantido que pode acontecer.

Não vamos definir nada com regras e nem desmerecer os serviços compartilhados de empresas muito estruturadas que temos mundo afora. Mas, o intuito deste post é mostrar que, na ponta do lápis, a relação custo x benefício provavelmente vai te convencer a evitar as dores de cabeça e procurar um bom servidor dedicado.

Você sabia que por R$ 49,90 mensais você hospeda o seu site em um Servidor Linux Dedicado, conta com Certificado SSL grátis, contas de email ilimitadas, Tráfego Ilimitado, muito espaço em disco e várias outras ferramentas? Conheça esse e outros planos em https://www.leaderti.com.br/planos

Um forte abraço e bons negócios!

Google penaliza sites que não possuem Certificado SSL

SSL (abreviação de Secure Socket Layer) é um protocolo de segurança que criptografa todas as informações trocadas em uma compra ou ao acessar um site, impedindo que esses dados sejam interceptados por um terceiro.  Na prática, isso significa que sites que têm o certificado SSL oferecem mais proteção e confiança para o usuário.

Mas onde o Google entra nessa história?

Com a nova atualização, que entrou no ar dia 24 de julho de 2018, o Google Chrome agora avisa aos usuários se a página acessada utiliza o certificado SSL, ou seja, se é segura ou não. Quando um site tem protocolo SSL, o seu endereço muda de HTTP para HTTPS e o site recebe um cadeado antes da URL. Esta avaliação é feita para todo e qualquer site e influencia diretamente na sua credibilidade e confiança.

Outro fator muito importante é a priorização do seu site nos resultados da busca do Google. Mesmo antes da atualização, o Google nunca escondeu sua preferência por sites que possuem algum tipo dos certificados SSL. A recompensa vem ao ver seu site melhor ranqueado nas buscas em comparação aos não seguros. Porém, é bom ressaltar que ao contratar o certificado, seu site pode até perder o posicionamento que ele tinha obtido. Isso acontece porque o Google fará uma atualização para assimilar as novas URL’s, mas fique calmo, pois essa perda é temporária e em pouco tempo você só terá a ganhar. E muito.

Mas o que fazer?

A melhor opção, tanto para garantir a segurança dos seus clientes como para assegurar o bom posicionamento nas buscas é adquirir um certificado de segurança para o seu site agora mesmo!

A Leader I.T disponibiliza planos de Hospedagem Dedicada a partir de R$ 12,90 mensais com Certificado SSL Grátis!

Não deixe de aproveitar essa oportunidade de evitar uma dor de cabeça imensa!

Veja nossos planos: https://www.leaderti.com.br/planos

Um forte abraço e bons negócios!

Fonte: UOL Negócios